sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Lançamentos 2007 | Edição 17 | Lobster - Álbum - "Sexually Transmitted Eletricity"

A maior parte das pessoas conhecerão já este projecto oriundo de Lisboa. Não é para menos, já que os Lobster são um dos projectos mais fascinantes que recentemente apareceu no nosso panorama musical. Eles são apenas dois, o necessário para criar uma explosão rock. E a verdade é que são isso mesmo, uma banda rock, um power-duo, extremamente versátil, poderoso e que debita energia pelos dois instrumentos essenciais ao rock: guitarra e bateria. E não é preciso mais para o som de “Sexually Transmitted Eletricity” - álbum de estreia dos Lobster - nos entrar pelos ouvidos, e alastrar-se por todo o nosso corpo deixando-nos completamente viciados naquele som, embriagados na atmosfera envolvente que é criada pelos dois. “Sexually Transmitted Eletricity” é um álbum, que tem sido muito bem recebido por todos os amantes de música, e com todo o mérito. Um grande álbum, sempre pronto a explodir, numa grafonola perto de si...

E agora algumas palavras dos Lobster:

"Este álbum para nós significou muitíssimo, as expectativas eram altíssimas e todo o processo uma novidade completa. Os recursos eram diferentes, as músicas tinham adquirido uma importância especial para nós (visto grande parte delas, estarmos há bastante tempo a tocar e terem saído em edições que nos tinham marcado como pessoas e como banda, e termos neste álbum a possibilidade de as compilar em registo físico), havia ainda as músicas novas feitas para o álbum e era o que mais queríamos gravar e ver como soava. A gravação foi em Viana com o Paulo Miranda e foram dias loucos, é algo que sempre gostamos de fazer (e apesar de com certeza perdermos uma quantidade grande de audição) não podíamos ter gostado mais. O artwork ficou a cargo de um amigo (Braulio Amado: http://www.indifferencemort.com/). Todo o álbum passou nas nossas cabeças vezes sem conta até o termos na mão… e a imagem que poderíamos ter dele (e isso ainda não sabíamos nós na altura) não teria nem metade do impacto que o objecto real nos proporcionou. Claro que mal acabámos este e o olhámos e ouvimos prazerosamente de ponta a ponta, pensámos em fazer logo, logo o próximo, e já se trabalha nisso."

Lobster
Álbum
Sexually Transmitted Eletricity
Bor Land
Outubro 2007

Sem comentários: