quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Ao Vivo | The Allstar Project no Fundão | 29.09.2007

No passado dia 29 de Setembro e no âmbito do festival de cinema jovem IMAGO que se realizou no Fundão, os The Allstar Project subiram ao palco do auditório do festival e ofereceram ao público presente duas maravilhosas actuações.

A primeira consistiu em dois temas que a banda de Leiria utilizou para musicar cerca de 30 minutos do filme “Empire” de Andy Warhol. E que bem o fizeram! Usando a sua música como grande arma para cativar o público, deixaram no ar o que aí viria, e acabaram esta primeira actuação do dia em autêntica apoteose!
Mais tarde, subiram ao palco para deliciar os presentes com a apresentação do seu álbum de estreia “Your Reward… A Bullet”, que viu a luz do dia no passado dia 22 de Outubro. O som dos The All Star Project situa-se entre um Shoegaze e um rock alternativo sendo algo difícil de descrever. Consideremos três guitarras, um baixo, uma bateria e muita criatividade acima de tudo. É a isto que soam os The All Star Project. Destaque para a capacidade notável de criar ambientes com as suas músicas assim como a de arrepiar quem os ouve. O repertório da banda foi constituído por sete músicas, sendo que todas elas estão presentes no já referido álbum de estreia da banda. Os meus destaques vão para o tema “Polaris” e para o encore “Frienemies”, encore curioso e quase privado. Prémio merecido para os resistentes que chamaram pela banda e assim viram este último tema num ambiente ainda mais íntimo e mágico. Assim terminou um excelente concerto da banda de Leiria, que provou – para quem ainda tinha dúvidas – a qualidade da mesma. Fica o convite para apreciarem o trabalho da banda no myspace, no álbum ou então num dos concertos que vão dar pelo país nos próximos tempos, onde certamente a musica dos All Star Project ganha outra dimensão, ambiente e encanto.

De salientar a excelente qualidade do espaço e do som, o que só engrandeceu o excelente concerto, assim como a presença de uma tela na retaguarda do palco onde eram projectadas imagens, transmitindo assim uma maior criação de ambiente às musicas.


Sem comentários: