sexta-feira, 31 de março de 2006

A grafonola d'o marsupilami III - Alice In Chains

É por estas e por outras, que começo a dar conta de que estou a ficar velho! Parece que ainda foi ontem que ouvi pela primeira vez "Man In The Box" e que me deliciei a ouvir os acordes metálicos, melódicos e ao mesmo tempo melancólicos de "Facelift". Mas a verdade é que já se passaram 16 anos após o lançamento do primeiro álbum dos Alice In Chains (AIC). O tempo passa realmente sem darmos por isso.

Estes senhores, foram incluídos no leque de bandas que fizeram parte do movimento “grunge”, embora sonoramente pouco ou nada têm a ver com esse movimento. Até porque quando começaram a ter algum sucesso, foram denominados como banda de hard-metal, e eles próprios se enquadravam nesse estilo musical, fazendo mesmo várias digressões ao lado de bandas como Megadeth, Van Halen e Iggy Pop.

É daquelas bandas que conseguem fazer um álbum mais duro com guitarras bem distorcidas, ao bom estilo de hard-metal, como fazer um muito mais calmo, todo acústico como é o caso do EP “SAP” e do “MTV Unplugged”, que na minha opinião é o melhor Unplugged de todos da MTV. Não dá para escolher apenas algumas músicas dos AIC, porque todas ao seu estilo são excelentes!

São sem dúvida nenhuma uma das minhas bandas de eleição, sendo mesmo uma daquelas que estão mesmo no topo das minhas preferências. E dia 26 de Maio, lá estarei em Lisboa para os ver. Não será a mesma coisa sem o Layne, mas será sem dúvida uma boa oportunidade para ver/ouvir uma das melhores bandas de rock/metal de sempre!

Sem comentários: