segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Ao Vivo | Sequela + Destil''Art + Tree Valley + Conceito:Pele | 10.11.2007

Realizou-se no passado dia 10 de Novembro o Teixoso Garagem Rock Vol. IV e faziam parte do cartaz os Sequela, Destil''art, Tree Valley e Conceito:Pele.

Os Sequela foram os primeiros a aquecer o público e a oferecer uma boa hora de rock em português. Tinha-os visto à pouco tempo, por alturas da Recepção ao Caloiro da UBI, no entanto, o concerto foi bastante diferente e cativou-me mais, também devido à sala ser mais pequena e estarmos mais junto ao palco, mais perto da banda, o que favorece o som dos Sequela. Foi mais um bom concerto dos Sequela!

Seguiram-se os Destil''art, para mim a maior surpresa da noite! Que grande concerto deu a banda da covilhã. O público aderiu e o calor humano fez-se sentir no recinto da Juventude Teixosense. Os Destil''art apresentam um rock cantado em português, mas no fundo são bem mais do que isso. Uma banda rock com uma presença em palco irrepreensivel, músicas que transmitem mensagens, uma musicalidade impressionante e uma grande qualidade como colectivo. Ficou sem dúvida a vontade de os rever num futuro bem próximo. O destaque vai para os temas “Casos Banais” e “No Meu, No Teu Tempo”, embora todos os temas sejam de uma coesão e maturidade impressionantes.

Em seguida subiram ao palco os Tree Valley. Com uma sonoridade e presença em palco a relembrar o espirito grunge, facilmente cativaram toda a minha atenção. Foi um excelente concerto onde a banda, sempre divertida e sempre pronta a divertir o público, facilmente manteve os aplausos que as suas antecedentes já tinham arrancado. O auge do concerto aconteceu nas duas covers que a banda realizou e que meteram todo o publico a cantar, foram elas “Yellow Ledbetter” dos Pearl Jam e “Keep On Rockin In The Free World” de Neil Young.

Para acabar a noite em grande, vieram do Porto os Conceito: Pele. A curiosidade em vê-los era grande mas por mais expectativas que tivesse criado nenhuma chegaria ao que na realidade aconteceu. Houve bem mais que simples músicas. Houve um sentimento enorme na sua interpretação, houve dor, houve todo um conjunto de factores que certamente arrepiaram quem os ouviu e viu. Os conceito:Pele trouxeram consigo o vocalista dos Chemical Wire e o guitarrista dos Homem Mau que os auxiliaram em dois temas. O meu destaque vai para os temas “Lugar em mim”, “Fantasma” - este último com a colaboração do guitarrista dos Homem Mau - e “Forma de um mal” - onde colaborou a voz dos Chemical Wire.
Deixo agora algumas palavras de Orlando – guitarrista dos Conceito:Pele - que explicou desta forma o tema “Fantasma”, bem como a participação do guitarrista dos Homem Mau:
"Ele [guitarrista dos Homem Mau] entrou na música chamada "Fantasma". Essa música é uma música que serve também um propósito e chama-se assim porque é diferente em todo o lado em que tocamos. Temos uma base, mas a partir da mesma criamos on stage sempre músicas diferentes, porque cada sítio e cada local tem os seus próprios fantasmas. Sendo assim, é uma absorção do que o público nos dá e daquilo que sentimos no momento."

Foi uma excelente noite nesta localidade da Covilhã que teve pela quarta vez esta excelente iniciativa. De louvar! Fica o aplauso à Associação Cultural e Desportiva Jovem Teixo!



Sem comentários: