quinta-feira, 6 de julho de 2006

"A" Blitz


Não foi novidade nenhuma, já que no último número d' "o" Blitz, noticiava que o mesmo estava no meio de uma operação que consistia na mudança de sexo. E ora assim foi. Cerca de dois meses depois (julgo eu), eis que "O" Blitz passa a ser "A" Blitz. Veio mais bonita, mais elegante, mais moderna, enfim mais feminina. O conteúdo também melhorou substancialmente. Foi a mudança que o, perdão, "a" Blitz precisava.

O então Blitz, estava demasiado gasto, demasiado monótono, sem pontos de interessa. Ultimamente apenas conseguia ler uma a duas notícias, e isto com muita sorte. Cheguei a não o comprar algumas vezes, mas passado umas semanas não conseguia, tinha de o ter, mesmo que não o fosse ler. O blitz já fazia parte de mim, e continua a fazer! Ainda me lembro, lá longe, há uns valentes anos atrás, ah! Bem me lembro do "Alô, Alô , D. Rosa" e claro a mítica secção de anúncios, onde muita gente descarregava a fúria, escrevia poemas para a sua amada, ou simplesmente procurava a sua alma gémea de uma forma sempre muito original! E claro, entrevistas a bandas e músicos, incluindo sempre uma boa quantidade de bandas e musicos portugueses, bem como todo o tipo de notícias relacionadas com a música! Verdadeiras relíquias ali ficaram imortalizadas!

Bem, mas no que diz respeito a este primeiro número dA Blitz, que irei guardar na minha gaveta especial, tenho apenas a dizer bem! Espero agora que esta mudança seja para durar!

É por estas e por outras que dou conta de que estou a ficar velho...

Sem comentários: